Destinos Incríveis

Nossa história em

Cafayate

Cafayate

AS MAIS EXÓTICAS PAISAGENS DAS QUEBRADAS E MUITO VINHO

Cafayate é daquelas cidades pequenas e encantadoras. Apesar do tamanho, há muito o que fazer por lá: muitas opções de vinícolas, ruínas e quebradas. Nós adoramos passar alguns dias na região e contamos aqui abaixo os lugares que mais nos encantaram.

CAFAYATE

Cafayate é uma cidade pequena, mas super preparada para o turismo. Existem inúmeras opções de hospedagem e campings. As mais caras no centro, e as mais afastadas com um preço bem camarada! Para chegar até lá é preciso ter Salta como ponto de apoio. A cidade possui um aeroporto, de onde você poderá pegar um transfer ou alugar um carro para percorrer os 200kms que a separam de Cafayate.

Foto: Pôr do sol nas redondezas de Cafayate
Uma vez lá você poderá se planejar para visitar algumas das mais de 30 bodegas que existem na região. Entre gratuitas, baratas e caras, existem opções para todos os bolsos! A região é a segunda maior produtora de vinho da Argentina, ficando atrás apenas de Mendoza. Cafayate e região possui atrações para te deixar ocupado por pelo menos uma semana! Tem para todos os gostos, desde paisagens naturais incríveis até vinícolas caras. Compartilhamos aqui os lugares que mais nos marcaram na nossa passagem de carro por lá.  

RUÍNAS DE QUILMES

A apenas 55kms da cidade de Cafayate, se encontram ruínas charmosas de um povo que viveu na região há muitos anos. Os Quilmes eram uma tribo indígena que habitou a região dos andes no norte da Argentina no séc. XV. Por um período fizeram parte do império Inca, resistiram às invasões espanholas, até que por volta de 1800 a cidade foi abandonada e o povo quase dizimado. Hoje é possível visitar as Ruínas do que um dia foi a civilização Quilmes. Além do sítio arqueológico, existe um museu bastante estruturado, com muitos itens em exposição e um vídeo que conta a história do povo.
 
Foto: As ruínas são cercadas por centenas de cactos dos mais variados tamanhos.
Também no local se encontram à disposição dos visitantes guias, em sua maioria mestiços com origens Quilmes, que explicam todos os detalhes e tiram as dúvidas.  

QUEBRADA DE LAS CONCHAS

A Quebrada de las Conchas é um dos principais atrativos da região de Cafayate. É possível explorar de carro, pois a estrada é toda asfaltada e sinalizada, mas também existem agências que vendem os passeios com saídas diárias para a região.
 
Foto: Cânion em meio a Quebrada de las Conchas
A Quebrada é considerada um acidente geológico, produzida por movimentos tectônicos da região somados a ação do tempo. Suas rochas possuem uma coloração de derivados de vermelho, em alguns pontos mais forte e em outros menos. Para percorrer a quebrada é necessário sair de Cafayate e seguir pela Ruta 68. A última parada é a Garganta del Diablo. Para nós, o ponto alto do trajeto foi El Anfiteatro, que possui uma acústica impressionante, assim como seu tamanho e altura. Todo o percurso tem aproximadamente 50kms, e nós realizamos em 3 horas, fazendo inúmeras paradas para tirar fotos e apreciar a paisagem.  

QUEBRADA DE LAS FLECHAS

A Quebrada de las Flechas, também considerada um acidente geográfico, está localizada na Ruta 40, no trajeto entre Cafayate até a cidade de Cachi. Para nós foi sem dúvidas a paisagem mais impressionante da região. Nada parecida com a Quebrada de las Conchas, suas rochas tem um tom claro e um formato pontiagudo. Além disso, estão inclinadas e formam paredões enormes de mais de 20m de altura! Realmente parecem flechas a ser lançadas.

Já as condições da estrada foram as piores que encontramos na Argentina. Neste trecho não há asfalto, e o rípio em Setembro de 2019, quando passamos por lá, estava em péssimas condições. Inúmeras costelas de vaca nos obrigavam a andar muito devagar. De qualquer forma sentimos que valeu muito a pena conhecer este lugar único, que ficou marcado em nossa memória para sempre.  

CACHI

Cachi é uma cidade bem pequena que está cercada por montanhas altíssimas. O povoado se resume a uma praça central com restaurantes, quiosques e vendinhas, e algumas ruas que a cruzam. Ela é basicamente um ponto de apoio para o descanso dos viajantes.
 
Foto: Rua principal de Cachi
Nós dormimos no camping municipal e foi uma noite muito tranquila. Quanto estivemos lá era um final de semana e havia bastante comida de rua ao redor da praça. Nós almoçamos algumas empanadas antes de seguir viagem.  

PARQUE NACIONAL LOS CARDONES

Seguindo de Cachi com direção a Salta, você irá passar pelo Parque Nacional Los Cardones. A estrada atravessa ele, e é impossível não notar. Sua vegetação é coberta por cactos de diferentes tamanhos em uma área enorme e plana com as montanhas ao fundo.

Foto: Mirante na estrada do Parque Nacional Los Cardones
O parque possui uma grande relevância arqueológica, pois nele foram encontrados pegadas de dinossauros e pinturas rupestres. Existe um mirante na beira da estrada. Vale a pena parar o carro e subir os poucos metros para admirar a beleza da vegetação.

Planeje sua Viagem

Se você gosta do nosso trabalho e quer continuar acessando conteúdo novo do MUNDI360, utilize os links abaixo para planejar sua viagem. Você ganha descontos exclusivos e apoia o nosso site! 😊

✙ Seguro Viagem

Na página da Seguros Promo você compara cotações de diferentes empresas, e garante para sua viagem tranquilidade e bom preço! Use o nosso cupom exclusivo MUNDI360 e ganhe 5% de desconto na contratação do seguro para sua viagem 🙂

✈ Passagem Aérea

Na página da Passagens Promo você compara os preços de passagens e visualiza sempre a companhia mais barata!

🛄 Hospedagem

Você já experimentou alugar uma casa ou um apartamento pelo Airbnb? Ou ter alguma experiência com algum local? Com o nosso link você ganha até R$ 179,00 na sua primeira reserva! Clique aqui.

🚘 Aluguel de Carro

Com o RentCars.com você compara preços de diferentes locadoras e paga parcelado em até 12 vezes!

Se você for passar uns dias por lá, conta pra gente como foi? 🙂

Boas viagens!

Ale e Leo | @mundi360