Destinos Incríveis

Nossa história em

Estrada da Morte

Estrada da Morte

UMA DAS ESTRADAS MAIS PERIGOSAS DO MUNDO

Desde que foi considerada a estrada mais perigosa do mundo, na década de 90, o “Camino a los Yungas” ganhou o nome de “Estrada da Morte” e despertou a curiosidade dos viajantes e turistas que passam pela Bolívia.

COMO É A ESTRADA DA MORTE

Foto: Dirigindo na estrada da morte
A estrada é realmente muito estreita. Sua via não passa de 3 metros de largura. O caminho começa em sua base a 770 metros de altitude, e termina passando dos 3.000 metros. O trajeto completo tem apenas 64kms, mas que dificilmente são percorridos em menos de 2 horas. Não existe asfalto, você vai encontrar terra, pedras, areia, e com chuva, lama. Poucos trechos possuem proteção, na maior parte do percurso você vai ver barrancos enormes com o vale ao fundo. A vegetação presente em todo o trajeto é de floresta, muitos trechos com cachoeiras grandes e pequenas que atravessam o meio da estrada. Mais fracas no período de seca, e mais fortes em época de chuvas. Apesar de tudo isso, a estrada tem movimento todos os dias, seja por veículos locais que moram na região, viajantes de carro e turistas, muitos turistas que descem a estrada de bicicleta.  

COMO CHEGAR LÁ

Foto: Ale e Léo no meio da estrada da morte
Nós estávamos em La Paz, e para sair da metrópole até a região dos Yungas, onde fica a estrada da morte existem 2 opções. A primeira e mais tradicional, é pegar a ruta F3, que sai de dentro da cidade de La Paz. Seguindo sempre nela você vai chegar no primeiro acesso à Estrada da Morte depois de aproximadamente 65kms. O início da estrada é marcado por uma pequena placa amarela que está escrito “DEATH ROAD”, que indica a estrada para Coroico. A segunda opção é pegar a ruta F41, que passa por fora da cidade de La Paz e depois se une a F3, porém sobe as montanhas em uma média de altitude de 4.600m, e só é acessível para veículos 4×4. Nós seguimos nesta opção, e chegando no topo da montanha fomos surpreendidos por muita lama e neve derretida. Já começamos com uma emoção off-road rumo à carretera de la muerte!

PERCORRENDO A ESTRADA

Nós descemos toda extensão da F3 para pegar a estrada da morte de baixo para cima. Consideramos esta opção melhor pois quem sobe a montanha tem a preferência, assim como fica com a mão esquerda, “abraçando” a montanha. Em caso de um encontro com outro veículo na direção oposta, ele é quem precisa passar pelo lado do barranco. Iniciamos o percurso às 8h da manhã. Na maior parte do tempo estivemos sozinhos na estrada. Encontramos alguns veículos em direção oposta, mas nenhuma situação crítica.

Paramos diversas vezes para tirar fotos e apreciar a natureza. Já na parte final do percurso, perto das 10:30 começamos a cruzar com bicicletas descendo a estrada, vindo de frente ao carro. Tivemos que redobrar a atenção e ir buzinando a cada metro, para alertar os apressados de bike. Por sorte, foi apenas os últimos kms. A experiência toda foi muito bacana e não nos sentimos em perigo em nenhum momento. Seguindo devagar e com precaução é possível se divertir muito ?  

O QUE FAZER NA REGIÃO

Nós pernoitamos na cidade de Coroico, próxima do início da estrada da morte, em sua parte mais baixa. Ela é a cidade mais visitada da região, e tem uma estrutura mínima para receber esse fluxo de pessoas. É uma cidade no mínimo curiosa pois fica em meio a um vale e praticamente todas suas ruas são subidas e baixadas. Foi difícil encontrar um lugar para estacionarmos e acamparmos sem estar inclinado, mas conseguimos o estacionamento do hotel “Quijote”.  
Foto: Nosso registro da cidade de Coroico
Na entrada da cidade existe um posto de combustível, que conseguimos abastecer por um preço mais amigável do que o preço de tabela para estrangeiros. A praça central é bem bacana, conta com alguns restaurantes, cafés, vendedores ambulantes e quiosques. Para passar uma noite e andar pelo povoado, vale a pena! Se você quiser explorar mais a região, existem algumas trilhas, cachoeiras e rotas para se fazer a pé ou de bicicleta. É uma paisagem diferente do caos de La Paz e do deserto boliviano, que são os destinos mais procurados dentro da Bolívia.  

EXPLORANDO A BOLÍVIA

Para quem gosta de natureza e atividades ao ar livre, a Bolivia oferece paisagens incríveis surpreendentes. Se você quer se inspirar para sua próxima viagem, confere aqui os outros lugares por onde passamos: DESERTO ALTIPLANO, clique aqui para saber mais! SALAR DO UYUNI, clique aqui para saber mais! CAPITAL LA PAZ, clique aqui para saber mais!

Se você gosta do nosso conteúdo e quer apoiar o MUNDI360, utilize os links abaixo para planejar sua viagem. Você não paga nada a mais por isso e apoia o nosso trabalho. Visite também a nossa loja!

✙ Seguro Viagem

Na página da Seguros Promo você compara cotações de diferentes empresas e garante para sua viagem tranquilidade e bom preço! Use o nosso cupom exclusivo MUNDI360 e ganhe 5% de desconto na contratação do seguro.

♥ Airbnb

Você já experimentou alugar uma casa ou apartamento pelo Airbnb? Viver alguma experiência com algum local? Usando o nosso link você ganha até R$ 179,00 na sua primeira reserva! Clique aqui.

⭑ Loja Mundi360

Quer planejar uma viagem e não sabe como? Tem vontade de dar uma volta ao mundo? Quer se inspirar? Conheça nossa loja.

Boas viagens!

Ale e Leo | @mundi360